Ofício Docente

A educação vem ganhando espaço no debate público. A mídia reproduz opiniões e análises de governantes, empresários, pesquisadores, artistas e jornalistas. Todos falam sobre o tema. Ou, quase todos: falta a voz dos professores nesta conversa.

Perda da autoria do saber e fazer pedagógicos; mecanismos de intimidação; não participação na formulação das políticas educacionais; desqualificação social da figura docente; e leis inconstitucionais são alguns dos elementos que explicam o silêncio dos professores na educação.


Readaptação do professorado gera angústia e exclusão

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Qui, 23 de Julho de 2009 14:44

Apesar da temática relacionada à educação ganhar, a cada dia, mais espaço no debate público, questões como a saúde do professorado, a perda de sua autoria do saber e fazer pedagógicos, sua não participação na formulação das políticas educacionais e a desqualificação social da figura docente são pouco problematizadas. E dentre os temas que permanecem invisíveis no debate educacional estão os problemas relacionados à readaptação do docente que não se encontra em plena capacidade física ou mental para o trabalho em sala de aula.
 

Página 7 de 12