Ofício Docente

A educação vem ganhando espaço no debate público. A mídia reproduz opiniões e análises de governantes, empresários, pesquisadores, artistas e jornalistas. Todos falam sobre o tema. Ou, quase todos: falta a voz dos professores nesta conversa.

Perda da autoria do saber e fazer pedagógicos; mecanismos de intimidação; não participação na formulação das políticas educacionais; desqualificação social da figura docente; e leis inconstitucionais são alguns dos elementos que explicam o silêncio dos professores na educação.


Deputados aprovam revogação da Lei da Mordaça em São Paulo

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Qui, 17 de Setembro de 2009 17:43

Em 8 de setembro, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou o Projeto de Lei Complementar 1/2009, do Executivo, que altera redação da chamada Lei da Mordaça. Foram revogados artigos do Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado, que continha mecanismos legais que impediam os servidores de manifestar livremente suas opiniões. A matéria segue para sanção do governador José Serra.

 

Página 6 de 12